BOLSONARO PAZ E AMOR?

NÃO CREIO

Posso estar enganado, mas nunca observei no Bolsonaro uma mudança de postura desde sua trajetória para a Presidência. Ele tem-se comportado como um ungido dos deuses para exercer o poder absoluto. Os que lhe impõem obstáculo não são adversários, nem apenas inimigos, são usurpadores, traidores da pátria e de deus, e merecem a morte. Ele se atribui poder de vida e morte.

No momento, ele está sendo paralisado por conselhos opostos, e se fantasia de Lulinha paz e amor. Vejam que ele não sabe nem como deve votar seu ministro no STF para melhor beneficiá-lo. Está perdido e sofre em ter que fingir que está fazendo concessões. É uma questão de tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *